Universitários, profissionais e um papo legal na Gama Filho

Nesta quarta-feira (18), participei como palestrante do Ciclo de Atualidades, projeto da Universidade Gama Filho, que convida profissionais e alunos para conversar sobre comunicação. Estiveram comigo, a publicitária, Renata Tasca, da agência Biruta, e o jornalista Ricardo Schott, gerente de conteúdo da LabPop Content. O evento foi coordenado pela professora Adriane Martins.

O bate-papo com a galera do #Gamacom foi ótimo. Fiquei contente em ver o bom nível dos alunos, que trouxeram bons questionamentos. Minha palestra foi sobre Planejamento Estratégico e o meu assunto favorito: branding. Além disso, apresentei o case do Metrô Rio, um dos bons exemplos de comunicação integrada da In Press Porter Novelli. O assunto despertou a curiosidade dos universitários e foi bom para esclarecer alguns pontos sobre como é feita a comunicação de um dos meios de transporte público mais importantes para a cidade.

Renata Tasca, deu uma ótima palestra e mostrou os cases bem bacanas da agência Biruta. Ricardo Schott falou sobre a dificuldade de gerenciar crises de imagem e como fazer para contornar situações. Schott, que é colaborador da revista Billboard, mostrou grande conhecimento do mercado musical brasileiro e, como eu, deu dicas aos alunos sobre gerenciamento de conteúdo, abordando temas, como adequação e colaboração.

Parabéns à Gama Filho e seus alunos pelo evento e obrigado pelo convite.

6 ideias sobre “Universitários, profissionais e um papo legal na Gama Filho

  1. thiag0n

    Muito boa sua contribuição nesta palestra! Quem sabe não rola outro convite para você participar do Gamacom UGF ? Será bem-vindo! Um abraço “terrorista”. hahahaha

  2. Rayane Guedes

    Nós, alunos, também agradecemos pela oportunidade de conhecer mais o universo prático da profissão que escolhemos. Sua apresentação além de dinâmica, prendeu a atenção do início ao fim.

  3. Roberta Lessa

    Oi, Fábio! Muito obrigada pela presença no evento da Gama, adorei a palestra!

    O que mais me chamou atenção foi você ter defendido o Orkut! Estou cansada de ouvir tanta gente falando que ele não presta mais para nada, que o Facebook vai substituí-lo totalmente, blá, blá, blá…

    É claro: os usuários que usavam o Orkut para trocar recados e postar fotos estão mesmo migrando para o Facebook e abandonando o Orkut, mas aqueles que participam das discussões nos fóruns (tipo eu :D hauhuaahauh) permanecem fiéis. Mas somos minoria, infelizmente =/

    Para mim, esse é o grande diferencial do Orkut. Nenhuma outra rede social que tenha tanta força como ele oferece esse sistema de tópicos e postagens tão prático, organizado e completo. Pareço uma fanática defensora do Orkut, né? hauhauuaa

    Bem, é isso, haha. Mais uma vez, valeu pela palestra!

  4. Fábio Carvalho Autor do post

    Oi, Roberta! Muito obrigado pela presença e pelo comentário. Realmente, eu penso que não existe rede morta. O que existe é interação entre pessoas afins. Seja no Orkut ou no Facebook, o que vale é o engajamento. Claro que o Facebook está tomando o mercado pelas inúmeras ferramentas que o tornam mais dinâmico e, consequentemente, mas popular. Mas, o que vale é o que você disse.
    Quanto os formatos de fórum, é uma questão de adequação e afinidade.

    Bjs e vou olhar o seu Tumblr. Fiz um minicast sobre Tumblr. Tá aí no Blog e no Gengibre, também. Dá uma olhada lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>