Arquivo do autor:Fábio Carvalho

social-sharing2

Como compartilhar conteúdo com mais amor

Compartilhe! Isso é o que mais ouvimos quando falamos sobre redes sociais. O que fico me perguntando é se não estamos compartilhando demais e com as pessoas erradas. Sim, porque, sinceramente, você acha que tudo o que compartilha é realmente lido pelos seus amigos? Será que não estamos enchendo o saco de alguém com conteúdos inúteis e repetidos?

Nesse post, quero falar sobre a forma mais amorosa de se compartilhar posts em redes sociais. Minha sugestão é: pense no que está compartilhando como um presente; algo que você oferece para alegrar alguém. alguém que você está marcando no seu post. Pronto, você Já está compartilhando com amor; e seu conteúdo passa a ganhar uma relevância muito maior.

Acredito que a melhor ferramenta para esse compartilhar mais fraternal é o Google+. Nele, você pode marcar um grupo (através dos círculos) ou apenas uma pessoa. Claro que pode compartilhar publicamente, mas esse não é o assunto aqui. Outras ferramentas também possibilitam isso, mas esbarram na questão da usabilidade mais complexa.

Experimente, por exemplo, enviar um link sobre cupcakes para aquele amigo(a) que adora fazer ou comer cupcakes e perceba se ele/ela não se sentirá mais especial. Faça sua mensagem chegar a quem realmente se interessa por ela.

lovesharing

Compartilhando com dois amigos fotógrafos via Google+. Eles foram os únicos que marquei para receber essa postagem.

E as empresas? Podem atuar da mesma forma, mas para isso é preciso entender o que e quem de sua audiência se interessa por qual tipo de conteúdo. Minha dica, de novo, é o Google+. Separe as pessoas por círculos de interesse. Se você é uma livraria, pergunte aos seus clientes que categoria de títulos eles mais gostam e os coloque em círculos específicos, como: romance, suspense, infantil, culinária etc. Analise os resultados e compare as informações depois. Garanto que eles ficarão mais próximos e a livraria mais íntima deles.

Compartilhe, mas com amor.

Omaha! Como usar o Twitter em grande eventos

Você conhece a cidade de Omaha? Fica no estado de Nebraska, nos Estados Unidos. O que isso tem a ver com esse post? Explico. Omaha tem um twitter oficial e o usou com muita inteligência nesse domingo (12). Tudo por causa do Denver Broncos, time de futebol americano em que o quarterback Peyton Manning joga.

O quarterback tem uma das posições mais importantes em um time de futebol americano. Ele é responsável por “chamar” as jogadas e indicar o momento em que a bola lhe deve ser passada para que ele faça o time avançar. No caso de Manning, essa indicação é dada quando ele fala a palavra “Omaha!”. Como Manning chama muitas jogadas e a NFL (liga de futebol americano) tem uma audiência enorme nos Estados Unidos, o perfil oficial da cidade de Omaha agradeceu a ele “pelo amor demonstrado à cidade”. Veja.

omaha

Esse tweet foi visto por outros perfis relevantes e rapidamente começou a ser muito retwittado. Hoje, mais pessoas ficaram sabendo o que Omaha tem.

#Ficaadica: grandes eventos podem ajudar a gerar buzz a sua comunicação. Suas mensagens podem começar a chegar a muito mais pessoas e seu número de seguidores aumentar rapidamente. Tudo é questão de aproveitar as oportunidades.

E daí se o seu cliente não quer mais você?

Sempre falo aqui no blog sobre o valor dos clientes, consumidores etc. Claro que essa relação tem que ser bem construída para que dure. Hoje, vivemos a era da experiência do cliente. Não importa mais o que você diz, mas o que ele verdadeiramente pensa de você. Nesse post, queria abordar o assunto por uma outra ótica; aquela que causa em nós (profissionais de serviços) arrepios.

Muitas vezes, ouvi a história: “esse cliente é muito importante para nós… não podemos perdê-lo!”

Claro que todos nós precisamos de clientes. Cativá-los, fidelizá-los é um bom caminho para que fiquem conosco por um tempo considerado satisfatório. Mas, até quanto você se submeteria a um capricho, um pedido estapafúrdio de um cliente somente para mantê-lo.

more difficult less difficult

Michael Port, em seu fantástico livro Book Yourself Solid (ainda sem edição no Brasil e que resenharei em detalhes em breve), afirma que todos nós devemos utilizar a política da corda de veludo vermelho, a mesma utilizada nas baladas mais V.I.P. da vida. Baseado nessa política, nós escolhemos quem entra na boate, ou seja, escolhemos quem queremos como clientes.

Porém, e se ele (cliente) resolve te deixar, ir embora da sua boate? DEIXE-O IR! Não implore pra que ele fique. Isso é ridículo. Melhor, indique outros profissionais com quem ele se daria bem. Isso pode parecer loucura, mas você tem mais chance de rever esse cliente novamente agindo assim. Deixe que eles visite outras paragens, conheça outras ideias, faça comparações, enfim, liberte-o. Você é competente o suficiente para conseguir mais e melhores clientes. Confie no seu taco e não na possível desaprovação do seu trabalho.

part ways

Assim como na vida ninguém pertence a ninguém, nas relações comerciais acontece o mesmo. Crie sua política da corda de veludo vermelho, selecione os melhores clientes e eles te trarão outros semelhantes. Isso vai aumentar suas chance de relacionamentos mais duradouros e saudáveis.

Dell te convida a fazer mais em 2014

Já que estamos começando mais um ano, que tal lembrar os inícios de grandes ideias que foram pensadas nos lugares mais impensados do mundo. Sim, porque, na verdade, ideias não têm lugar para nascer. Elas nascem e pronto. Seja em um quarto pequeno e empoeirado ou no andar de cima de uma pizzaria, qualquer local vale uma grande ideia.

É isso que esse vídeo da Dell deseja expressar. Em “Beginnings”, empresas como TripAdvisor, SkypeDropbox, , além da própria Dell, são mostradas em seu nascedouro, muito antes dos modernos e descolados escritórios onde hoje estão. A campanha da Dell foi batizada de “The power to do more” ou “O poder para fazer mais”.

Nada melhor que essa ideia para o primeiro post do ano. Vamos fazer mais em 2014. Que seja um ano de ideias e realizações para todos nós.
Felizes ideias novas pra você!

Instagram: 8 dicas para você ganhar mais clientes

Recentemente adquirido pelo Facebook, o Instagram se firmou como a rede de conteúdo fotográfico mais acessada via celular. O crescimento dessa rede é acompanhado com a frequente chegada de famosos e marcas ao Instagram, que fazem dele uma fonte de informação para os fãs e consumidores.

Segundo uma das especialistas em Instagram, Sue B. Zimmerman, há fatores importantes que fazem do Instagram “a rede” para quem deseja divulgar mais seus trabalhos, seja um produto, como um serviço.

#1 “Selfies” de clientes satisfeitos

Aquelas fotos tiradas por nós mesmos junto com os amigos, que o Obama a-do-rou tirar e deixou a Michelle digamos “xatiada”? Essas fotos, quando tiradas com clientes que aprovam o seu trabalho podem fazer a diferença, pois esses clientes podem compartilhá-las com outras pessoas, aumentando as possibilidades de novos contatos. Além disso, Sue B. Zimmerman incentiva o uso do geotagueamento nas fotos, caso você esteja em um evento específico.

obama-selfie

#2 Fotos dos bastidores

Muitas pessoas gostam de saber o que acontece por trás das câmeras. Isso pode ser um valor interessante para quem trabalha com serviços. Eu, por exemplo, gosto de tirar fotos antes de começar minhas sessões Mary Kay. A ideia é mostrar o que acontece antes da mágica começar, diz Sue Zimmerman.

arrumando produtos mary kay

#3 Fotos com pessoas inspiradoras

Se gentileza gera gentileza, o bom networking traz bons resultados. Se você conhece pessoas relevantes ao seu negócio, não perca a oportunidade de postar um foto com elas. Isso vai validar você como profissional especialista daquela área e te tornar também relevante naquele mercado.

#4 Fotos de eventos em que você dá palestras ou participa

Essa dica nem precisava ser dada, mas eventos podem gerar hashtags utilizadas pelos participantes e até por aqueles que estão somente acompanhando online. Por isso, poste fotos dos eventos e utilize hashtags, de preferência as oficiais dos eventos. Hoje, não é difícil descobri-las.

#5 Mostre a sua personalidade

Seu modo de ver a vida, independentemente do seu trabalho, também pode atrair mais pessoas. Os conceitos de trabalho e vida pessoal mudaram muito e muitas pessoas já nem mais separam o que são do que fazem.

#6 Organize promoções

Apesar das dificuldades impostas pelos orgãos responsáveis por promoções no Brasil (uma idiotice sem tamanho, diga-se de passagem), organize promoções com os seus seguidores e aumente sua rede de seguidores.

#7 Mostre os livros que você ama

Lembra da parte da personalidade? Postagens de páginas de livros também mostram o que você admira e o que te inspira. Além disso, pode ajudar a divulgar o seu trabalho, quem sabe, até aos autores desses livros. Hoje, tudo é possível, pois os autores estão cada vez mais presentes em redes sociais e blogs.

#8 Use citações

Por fim, Sue B. Zimmerman aconselha a postagem de citações famosas. Só não esqueça de praticar o que elas dizem, senão de nada adianta enganar os seus clientes.

Gostou dessas Instadicas? Espero pelos seus comentários aqui ou no meu Instagram.